Todas as gestões anteriores deixaram muito a desejar no quesito participação - e Marcelo Crivella prometeu que seria diferente. Mas até agora, não foi o que aconteceu. Vamos mostrar pra prefeitura do Rio que a participação da sociedade no Plano Estratégico é uma obrigação!

Em uma semana, reunimos mais de 2500 assinaturas, sete vezes mais do que a Prefeitura conseguiu de participação durante o período de consulta do Plano Estratégico. Agora, só falta a Aspásia Camargo aceitar nos receber para entregarmos os 12 pontos e as assinaturas. A gente quer participar!

AS 12 METAS:
O QUE É O PLANO ESTRATÉGICO?

O Plano Estratégico - ou Plano de Metas - é a consolidação das promessas de campanha do Prefeito, onde constam as metas e iniciativas para os próximos quatro anos de gestão. No documento apresentado por Crivella, há 65 iniciativas e 101 metas divididas nas dimensões Econômica, Social, Urbano-Ambiental e Governança. Para incentivar a cultura de monitoramento e aprofundar a democracia, só mesmo com a participação da população.

Para além dos 12 pontos que queremos que sejam incluídos, fizemos uma crítica completa ao Plano Estratégico elaborado pela Prefeitura.

Clique no botão e veja o documento que elaboramos:

QUEM SOMOS:

O Meu Rio é formado por milhares de cariocas, de certidão e de coração, que acreditam na construção de um Rio de Janeiro mais inclusivo, participativo e bom de se viver. Nós acreditamos que uma nova cultura de participação política é necessária, para mudarmos na prática a forma como a democracia opera em nossa cidade e assegurar que esta seja um reflexo das necessidades e desejos de seus cidadãos.

A Casa Fluminense, formada em 2013 por ativistas, pesquisadores e cidadãos identificados com a visão de um Rio mais integrado, acredita a realização deste horizonte passa pela afirmação de uma agenda pública aberta à participação de todos os fluminenses e destinada universalmente a todo o seu território e população.

O projeto Cidade dos Sonhos é resultado de uma rede de colaboração de diversas organizações, movimentos e coletivos da sociedade civil, sem qualquer vínculo partidário, e facilitada pela Purpose. Seu compromisso é com os sonhos das pessoas, e com a ideia de que é possível transformar nossas cidades em ambientes acolhedores, saudáveis e sustentáveis.

Colaboraram também para esta campanha as organizações e coletivos:
Ação da Cidadania, AS-PTA - Agricultura Familiar e Agroecologia, CAU/RJ - Conselho de Arquitetura e
Urbanismo do Rio de Janeiro, CECIP - Centro de Criação de Imagem Popular, Cine Vila, ComCat - Comunidades Catalisadoras, Fundação Cidadania Inteligente, IAB/RJ - Instituto de Arquitetos do Brasil, IBG - Instituto Baía de Guanabara, Instituto Igarapé, ISER - Instituto de Estudos da Religião, ITS Rio - Instituto de Tecnologia e Sociedade, MobiRio - Associação carioca pela Mobilidade
Ativa, Movimento Baía Viva, Observatório da Política Nacional de Resíduos Sólidos, Observatório de Favelas, Observatório Social do Rio, Ponto de Memória da Tv Maxambomba, Quiprocó Filmes, Redes da Maré, Sarau do Escritório, TETO.